O primeiro mês da nossa viagem de autocaravana

É já mais de um mês que estamos viajando de autocaravana pela Itália e queremos compartilhar as nossas aventuras também com os amigos portugueses e brasileiros. Por favor me perdoem para o meu português 🙂

Moramos no Brasil por 7 anos e temos um sítio em São Thomé das Letras que agora está alugado… Trabalhamos muito naquele sítio, com voluntários do mundo todo. A ideia era de morar em São Thomé para muito tempo mas….depois de uma longa história, os nossos filhos pararam de ir na escola…decidimos isso todos juntos. Não foi uma decisão fácil, não pela escola porque nunca gostamos de escola, nem para as crianças que eram muito felizes desta escolha mas porque, no Brasil, a educação domiciliar não é permitida. Como o nosso sítio fica bastante isolado, esta nova condição nos deixou com a cabeça cheia de pensamentos….e pensamos pensamos… até decidir de viajar pela Europa onde a homeschooling é mais praticada e acima de tudo é permitida.

Estamos viajando fazendo voluntariado, ou seja trabalhamos em troca de comida.

DSC_7812.jpg

Estamos gostando demais desta nova vida! Estamos apertados, temos que viver com pouquíssima água e energia mas, na verdade, é só uma questão de se acostumar. Nos sentimos muito muito livres! Acordamos de manhã sem despertador, cada dia em um lugar novo, cada dia com sensações diferentes mas cheios de energia e de felicidade!

Pelo café da manhã e pelo jantar, temos que comer em “casa” pois ainda faz um pouco de friozinho… isto significa que, como o espaço é pouco, não podemos comer todos juntos, as crianças comem antes 😀

DSC_8192

Pelo almoço, conseguimos comer todos juntos!

DSC_7662

De manhã, o primeiro “trabalho” é desmontar a nossa cama para poder tomar café!! Isto porque a nossa cama vira mesa… nós perdemos a nossa cama durante o dia!! A cama em cima do assento de motorista é das meninas, o beliche é dos meninos… Cada criança tem uma malinha para colocar os próprios brinquedos ou livros, eles escolheram o que era importante levar agora… Estamos vivendo com poucas poucas coisas. Cada um tem um lugarzinho para as roupas, o espaço é pouco para tudo então as roupas também são poucas, escolhemos só o necessário. Mesma coisa para as panelas, os pratos, os copos….ficamos só com o que realmente é indispensável… parece complicado mas entendemos que são poucas as coisas que precisamos realmente.

Lavar as louças e cozinhar não é tão difícil mas tem que aprender a fazer tudo em pouquíssimo espaço e usando menos água possível… Temos um tanque com água que podemos abastecer nas áreas especificas e nestas áreas tem um lugar também para esvaziar os tanques de águas cinzas.

A geladeira é pequena demais então temos que comprar pouco cada dia… a metade do espaço já está ocupado pela minha massa madre que uso para fazer o pão!!

No banheiro, tem que ser organizados, se precisar de vaso, não tem pia e se tem pia, não pode sentar no vaso 😀 Isso também parece complicado no começo mas precisa só se acostumar. Para lavar roupas, neste período que mudamos muito de lugar, temos que parar nas lavanderias públicas…como somos 7 pessoas isso acontece cada 3-4 dias!

Já fizemos mais de 1500 km. Chegamos do Brasil em Milão, visitamos vários amigos, descemos no lado adriático, visitamos Trieste (onde nasceram os nossos 3 primeiros filhos), Venezia, Padova, Rimini, trabalhamos como voluntários em um projeto de permacultura em Cerreto di Spoleto (região Umbria), descemos mais até a Puglia, passamos pelo Gargano e agora estamos em Sava perto de Taranto onde moram os pais de Max.

A nossa autocaravana, que se chama Jatobá, é muito bacana! Gastamos bem pouco para compra-la, tem 34 anos, cansa muito para fazer as subidas, não consegue fazer mais de 70 – 80 km/hora mas gostamos muitíssimo dela!! Na próxima semana, continuaremos a nossa viajem, visitando um pouco mais da Puglia, depois Matera e a Sicília! Depois, o programa seria subir no lado do mar Tirreno até a Liguria, fazer um pedaço de França, passar pela Espanha até chegar no Portugal onde gostaríamos de ficar.

Il nostro viaggio

Questo blog sarà per ora il racconto di un viaggio. Viviamo in Brasile da quasi 8 anni, ora a São Thomé das Letras da un anno e mezzo, abbiamo comprato un pezzo di terra…con tutto, molta acqua, molto spazio, molti alberi…era il nostro sogno…abbiamo lavorato un sacco con l’aiuto di volontari di tutto il mondo, abbiamo piantato, costruito, ristrutturato…trovate tutte le foto dei nostri lavori e dei nostri volontari nell’album di foto qui https://www.facebook.com/pg/Seven-on-the-road-540500526115030/photos/?tab=album&album_id=807518976079849

Insomma pensavamo di stare qui per un bel po’ ma…dopo una lunga storia, è una cosa che stava nell’aria da tempo, i nostri figli hanno smesso di andare a scuola… l’abbiamo deciso tutti insieme, non è stato così facile non per la scuola che tanto ci stava stretta da sempre, non per i bimbi che erano entusiasti di questa scelta ma perché non esiste in Brasile una legislazione riguardo all’educazione parentale… Insomma siamo clandestini da questo punto di vista. Questa decisione e il fatto che siamo un bel po’ isolati, ci ha fatto pensare molto. E abbiamo deciso di ripartire…ripartire perché abbiamo già girato un bel po’. Ma questa volta ripartiamo per viaggiare, viaggiare in camper in Europa facendo i volontari…Prima di tutto in Italia per farla conoscere meglio ai nostri figli. Partiremo da Milano, raggiungeremo Trieste dove sono nati i nostri primi 3 figli, scenderemo dal lato adriatico e risaliremo dal lato del Tirreno fino alla Toscana dove abitavamo prima di trasferirci e dove è nato il nostro quarto figlio. Stiamo offrendo il nostro aiuto a vari gruppi e famiglie (sappiamo lavorare la terra, abbiamo piantato e piantato, anche vigna e ulivi, abbiamo costruito casette in bambù e in pietra, ci facciamo il pane con pasta madre, ci facciamo il formaggio, i detersivi e i saponi, vivere qui, dove molte cose ci mancavano, ci ha “costretti” ad arrangiarci…inoltre avremo con noi anche semi da scambiare…) in cambio, preferibilmente, di generi alimentari autoprodotti. Così il nostro itinerario sta piano piano già cambiando…gli inviti sono già molti. Dopo l’Italia, vorremmo fare un pezzetto di Francia, passare per la Spagna e raggiungere il Portogallo….

 

Seguiteci e soprattutto se vi dovesse interessare l’esperienza del volontariato con noi non esitate a contattarci!

Max e Vir